Aproveite seus últimos dias em terra

"Aproveite seus últimos dias em terra"
Foi o que ouvi do meu agente, Elkin Montoya, hoje, quando liguei pela milionésima vez para saber sobre minha data de embarque. E ele, como não ocorria há tempos, atendeu a ligação! Disse estar fora do Brasil. Até então mandei emails (quando digo emails, entenda-se muitos deles), torpedos, mais emails e nada de resposta. Celular desligado. Mas ele estava embarcado, era isso.
Quando liguei hoje, após me chamar de desesperado, já foi dizendo que entraram em contato com ele da Itália hoje mesmo, pedindo que ele passasse um parecer sobre quem ainda falta embarcar e qual situação (se tem todos os documentos, se tem exames solicitados feitos, etc). Daí ele falou sobre minha situação. Ainda de acordo com ele, pode ser que esta semana eu deva receber alguma novidade (vamos torcer?).



Bem...assim que acabei meu Costa Training, iniciou a espera por uma vaga.
Dos amigos do meu grupo-panelinha que fiz durante os dias do treinamento, a primeira a receber a data foi a Andressa, que foi no dia 27 de dezembro, Costa Victoria. Rápido demais! Camareira. Deve estar ralando muito lá, pois até agora não consegui entrar em contato com ela.


Depois, foram surgindo as demais vagas, sendo eu ficando por último. Último mesmo (pelo menos dos que são agenciados pelo Elkin [pois há ainda aqueles que são de agências propriamente ditas]). O outro amigo que foi chamado foi o Sinvaldo, algo como room service de oficiais. Foi dia 21 de janeiro, no Victoria também. Detalhe: ocorreu algum problema e ele acabou voltando. Mas como é recente demais, ainda não sei de detalhes.


Depois do Sinvaldo, a Valéria recebeu sua data também: dia 27, também no Victoria, como camareira.


E Rhuan foi o último a receber a data (quer dizer, o último sou eu, que ainda não tenho data): dia 31 de janeiro, no Victoria (todos foram neste barco até agora [há ainda mais dois no Brasil nesta temporada de verão - Costa Magica e Costa Concordia]). Até agora nada de resposta de Rhuan/Juan a emails e torpedos meus. Ele foi o que mais acompanhei, até os últimos dias em terra. Somos da mesma área, fizemos entrevista para o mesmo cargo, mas ele conseguiu subir um degrau, ir de bar waiter, tipo garçom do bar.


O bom de ter sido o último, é que recebi altas dicas de quem já havia recebido a sua data. Consegui por tabela agendar exames em consultórios bem mais baratos, além de me preparar e saber o que fazer quando a minha data chegasse, tendo em vista pelo que meus amigos passaram.
Optei por correr atrás dos exames por mim mesmo (a orientação geral é de que se obtenha a data para, somente assim, correr atrás dos exames).

Enfim, obtive dicas preciosas e presenciei de perto como é a correria rumo ao tão sonhado embarque. A ansiedade, os detalhes, os gastos enormes que surgem de última hora....e tudo mais eu captei para mim.
E quem sabe tenho notícias boas aqui, por estes dias...esperemos! (Aliás, taí um verbo que o candidato a tripulante de navio deve saber conjulgar muito bem, MESMO: o verbo esperar. Fácil não é. Mas é preciso.
Marcadores: , | edit post
4 Responses
  1. Carol Binato Says:

    Meu Deuuuuuuuuuuuus!!
    Vc tem certeza de que é ariano??
    hahahahahaha
    Eu já estaria comendo os dedos pq as unhas já não existiriam maiiiiis!!!
    hahahahahaha
    Kisses


  2. eLi Says:

    Carol! Sou ariano MESMO!
    Sempre digo que pela primeira vez nem eu estou me reconhecendo, diante tal situação. Esperar realmente não é o meu verbo.
    Mas acho que esta "tranquilidade" se resume à segurança que tenho sentido quanto a todo o processo pelo qual passei e ainda estou passando. É algo do tipo, estou sentindo, sim, a maior firmeza da parte do recrutador, da Cia...etc.
    E mais. Não me desesperei ainda, pois estou confiante. Sei que para uns a coisa é realmente demorada, enquanto para outros, o chamado ocorre num susto! Como já escrevi aqui, tudo é relativo. Depende do cargo que se quer, do perfil que tem o candidato, da sorte, dos ventos, das marés, da inflação...DE TUDO!

    Beijo, Carol, ariana!


  3. Farion Says:

    que agonia esperar tanto tempo. se tu tivesse embarcado na primeira data prevista, ja era pra estar contando os dias pra voltar embora. sacanagem te fazerem esperar tanto. a gente muda nossa vida em função disso, e no fim das contas acaba se prejudicando. mas vamos continuar torcendo. boa sorte!


  4. eLi Says:

    É amigo...acabo me prejudicando mesmo. Mas...ainda estou decidido do que quero e sei que ainda tenho em que me agarrar, sobre essa certeza de embarque.
    O complicado é que essa decisão muda toda uma vida. Como você disse, já tem mais de um ano que espero esta oportunidade e de lá para cá, tenho meio que ficado paralisado em terra, esperando essa vaga.

    Tento sempre estar positivo ante tudo isso.

    Abração