A casa

Este vídeo foi o primeiro que eu fiz a bordo. Duas semanas depois do meu embarque. Quando eu ainda estava no Brasil (mas o Costa Victoria não fazia Santos).
Aqui falo sobre a cabine onde eu vivi. Na verdade esta foi uma das três cabines pelas quais passei em oito meses. A troca de cabines costuma ocorrer facilmente por vários motivos. No meu caso, como já contei aqui sobre o roubo que tive nesta cabine, tive os meus motivos para mudar.
Enfim. Esta foi a primeira cabine em que fiquei, por pouco mais de um mês, com um brasileiro, justo o que me traiu. Depois eu iria para a cabine de um indiano, depois de um filipino, que fora substituído por outro indiano. Tirando o filipino, infelizmente com todos os outros parceiros de cabine tive problemas ou dentro da cabine ou brigas fora, em ambiente de trabalho. Até contei essas coisas em alguns posts anteriores. Fiquei surpreso, pois sou um cara super sociável e compreensível, mesmo com quem é desorganizado. Mas ainda assim, fiquei sem falar com todos eles.

Na verdade, esta foi uma cabine não tão boa, no quesito estrutura, pois as duas que viriam seriam camas lado a lado, com mais espaço e mais individualidade na hora de dormir. Então esta foi a única beliche que encarei. Na última em que eu estive tinha até frigobar. Foi onde fiquei bastante tempo. Vi que em navios mais modernos, como o Fortuna, onde fui visitar a Karen, simplesmente não há camas lado a lado. Todas beliche.

Enfim, o vídeo é longo (foi o primeiríssimo que fiz na minha câmera que era nova), então eu não tinha noção de que poderia e deveria fazê-lo mais curto. Mais a frente eu descobriria isto, ao tentar postar ele na internet - coisa que não conseguiria em nenhuma lan house que tentei. Mas é um vídeo bem detalhado sobre um tudo do que eu tinha visto até ali e acho que é legal.
Nota: não reparem em mim hahaha. Me acho muito ruim no vídeo. E neste estou meio depressivo, sozinho. Mas acho válido para quem quer conhecer o espaço.
Outro problema é que, absurdamente, a correria do navio não me deixou gravar mais vídeos de dentro dele, como era a minha intenção. Então não pude registrar a vida interna como eu queria, apenas com escritas (eu vivia com memorandos e caneta, para anotar tudo o que escreveria depois).

Fica, então, o vídeo da cabine!

Marcadores: , , , | edit post
4 Responses
  1. Puxa, muito legal seu blog! É uma pena que descobri somente agora!

    Vou embarcar em breve, e suas postagens estão me ajudando bastante. Já estou te seguindo.


    Muito obrigado e parabéns!

    Ruben Antunes
    http://mineironomar.blogspot.com


  2. eLi Says:

    Pow Ruben! Muita força, determinação, foco e sucesso, claro!
    Resista, mesmo que seja duro demais, quase que impossível! Fique até o fim. Valerá!
    Obrigado pela visita, comentário e por seguir! Vou visitar o mineiro no mar também!

    Abração


  3. FILIPE Says:

    Velho, boa tarde, venho lendo seu blog já faz um tempo e tenho uma duvida, eu participei de um recrutamento para a costa cruzeiros e a agencia disse que eu passei na quinta passada, mas até agora a empresa não entrou em contato comigo, é realmente demorado e posso confiar na agencia? alias eles ja querem que eu faça o STCW, será que posso confiar ou aguardo a empresa entrar em contato?
    Obrigado e parabéns pelo blog, sensacional.


  4. eLi Says:

    Felipe! Acho que cheguei um pouco tarde aqui, né?!
    Olha...não sei o que aconteceu com seu caso. Mas normalmente o tempo entre a aprovação e a chamada para a efetiva participação no treinamento tende a demorar mesmo. Mas tudo depende do caso e da agência. Vale sempre entrar em contato, fazer uma pressão básica. Pois, dependendo do tamanho e demanda da agência, só assim você é visto!


    G'Luck guy!