Temporada europeia

Em navegacao, 17h (meio-dia no Brasil)

Passado o tao falado crossing, quando partimos do Brasil rumo a Europa, chegamos as primeiras cidades na parte europeia. Desde que iniciou a temporada senti muitas mudancas. Neste primeiro cruzeiro ha muitos, mas muitos jovens e muitas, muitas criancas, diferente do que vimos na temporada America do Sul, com a maioria dos passageiros sendo idosos.

Em Tenerife, Ilhas Canarias, na Espanha, nao pude descer. Ja em Funchal, Portugal, eu pude. Estava frio e tinha muita gente bem vestida, para as celebracoes da Pascoa. Entrei na principal catedral local (tenho de consultar minhas anotacoes depois, que estao na cabine) e estava comecando uma das quatro missas solenes do dia. Pude fazer um video curto da procissao do Santissimo Sacramento, alem do coral cantando. E simplesmente louco ouvir os sotaques parecidissimos com o nosso portugues. Percebi que os mais velhos falam de uma forma mais pessoal, meio que de forma arcaica, bem de "soquinho". Ja os mais novos falam mais articuladamente, fazendo soar que nem o brasileiro. Entrei numa loja e nao tive qualquer dificuldade de entender a atendente. Eles usam muitos adjetivos que no Brasil utilizamos de forma poetica, enfeitada. Algo como uma "rua pequenina", para explicar que a rua e curta...

Depois disso desci ontem em Barcelona. Linda. Globalizada. Voce anda e ouve de todo o tipo de idioma, ve todo tipo de gente. No principal corredor, um calcadao lotado de artistas locais, parecidos com os que vemos no Brasil. Estatuas vivas, desenhistas fazendo caricaturas, venedores de passaros, flores e muitas lembrancinhas. Muitos jovens andam, conversam, fumam, andam de moto, bicicleta. Todos muito bem vestidos, parecendo desfilar numa tarde fashion. Batas indianas, africanas, cachecois, cabelos e acessorios diferentes e descoladors. Mesmo assim prefereria conhecer um "lado real de Barcelona", do povo, onde moram, onde comem. Ao olhar as pessoas fiquei imaginando se haveria ali alguem preocupado com algum afazer de casa, tipo "quando chegar, terei de lavar roupa". Nao...aquelas pessoas nao tinham esse tipo de preocupacao...

Voltando ao assunto das mudancas, quero dizer que agora estou bem, tranquilo, depois do episodio da camera digital.
Desde que iniciamos a temporada na Europa, fazemos muito cafe, muito mesmoooo. Para compensar, a maquina de lavar louca quebrou, agora temos de lavar em outra maquina, atravessando com uma bacia de chicaras e copos sujos, entre os passageiros e indo lavar. Quando nao da tempo de lavar, passamos agua apenas e secamos com guardanapos de papel. Chique, nao?? Voces nao tem ideia do como as coisas sao nos bastidores de um cruzeiro chique....
Para ajudar, assim que chegamos tivemos a noticia de que passariamos por inspecao sanitaria. Isto significa que temos de limpar TUDOOOO no bar. Desde copos, utensilios, ate chao, drenos, ralos, pias, teto, ar condicionado, T U D O !!
Fiquei ate as 5h da madruga ontem com os supervisores deixando tudo um brinco para a inspecao que foi hoje. Depois disso, tudo volta ao normal, quando trabalhamos sem seguir necessariamente as normas sanitaria a risca.
Minhas maos voltaram a ficar super grossas, por causa de um outro produto que vai na maquina de lavar, tipo um sabao mais potente. O grande problema e que a mao esta sempre machucada, cortada, ralada e a ferida aumenta em contato com limao ou outro quimico. Vou pedir vaselina no hospital, pois a mao ta muito feia e extremamente crespa. Ha tres dias estou com algo embaixo axila esquerda. Pensei ser assadura, mas nunca tive isso. Dai percebi que era porque eu tava esfregando muito forte esta parte no banho. Nem dava para encostar o braco no corpo, mas agora ta passando.

Minha convivenvia com o indiano esta normal. Nao trocamos uma so palavra, mas gostei da cabine. Cama lado a lado e nao beliche, bau enorme embaixo dela e um banheiro so pros dois (antes era um banheiro para quatro pessoas). Digamos que tenho vantagens e desvantagens nesta mudanca, mas ta valendo. Estou bem, apesar dessa correria do meu bar para o outro levando louca pra lavar. Um peso enorme, mas nada de matar. Quem sabe fico musculoso ?? Mas nao agora, pois desde que chegamos a Europa algumas coisas estao estranhas na parte de comida. Ainda nao tivemos as opcoes de macarrao que sempre tinhamos, nao tivemos mais sorvete (que normalmente temos todo dia). Espero que seja apenas temporario e nao permanente, pois assim fica dificil, tendo apenas arroz....
De resto e isso. A vida segue. Ah! Percebi que nao sinto NENHUMA dor nas pernas mais, ao fim do dia de trabalho, como era antes. As veias da perna e da coxa saltavam quando eu ia pra cabine de noite, pois nao temos tempo NENHUM para sentar. Mas agora nao sinto mais nada! Isso e mutio importante!!

Sobre o p ost anterior, do furto, espero que eu nao tenha passado uma imagem desesperada ou algo do tipo...
Estou bem. Quando digo que choro e normal...sao dias em que se esta mais pra baixo...todos tem esses dias....faz parte.....o choro e algo sincero de si para si mesmo...quando e a unica coisa a ser feita, a unica coisa para a qual recorrer. Sou positivo, sempre, de verdade. As pessoas se impressionam como tenho gas e dedicacao para manter o pique a toda hora e nao perder o humor. Digo que se escolhi estar aqui e como bar boy, devo ser O MELHOR bar boy que eu puder. E naquele estilo "e o que tem para hoje..."

Vou permanecer entrando nesse tipo de internet que da para postar no blog. O outro servico, que custa caro pode pesar no meu salario...entao nao vou abusar, somente por aqui e quando der, entro no servico pago (orkut, email ect)


Ciao a todos, per tutti!
Saudades...
saudades...

de tudo.....de tudo mesmo

eLi

Marcadores: , | edit post
8 Responses
  1. Estou acompanhando suas postagens,boa sorte em sua aventura,amigo!


  2. Don Raphael Says:

    bah, antes era 1 banheiro para 4 pessoas? ninguem mereceeee


  3. Força Eli!!!!!!!!!
    Torço por você sempre e adoro ler suas aventuras (embora não sejam sempre felizes e ainda com dificuldades), mas só em estar em outro mundo, já é um p... aprendizado.
    Quanto a mão, não pode usar luvas?
    Boa sorte!!!
    Beijinhos
    Carmem


  4. Elaine Says:

    ELI TO AQUI VIU LIGADINHA NO SEU BLOG..
    PODE INVESTIR NUM LIVRO QUE VAI SER SUCESSO VIU..
    SEJA FORTE, SEJA MAIS VOCE FACA A DIFERENÇA SEMPRE..
    BEIJOS E SUCESSO POR AI
    ELAINE


  5. piG Says:

    Nossa, até eu fiquei indignado com o brasileiro, e não só por isso por ser também do meu estado.. de Santa Catarina!
    Falta de carácter...
    quer dizer que está passeando bastante e conhecendo bastante eim eli ?
    rsrs que vida chata eim!? hehehe
    bom, dizem que chorar no navio é normal, pois a saudade é muita, e isso nao podemos evitar.
    Minha irmã está voltando do navio começo de maio agora, legal ? maybe, pois ela disse que nao vai aguentar ficar aqui, e já tá pensando em prorrogar sua saída! rsrs
    esquesito não ?

    Que bom que se adaptou eLi, nós aqui continuamos na espera, a Infinity mandou e-mail para nós dizendo que nossos embarques começaram somente em agosto, pode ? grrr

    Abraço eLi! até breve.


  6. eLi Says:

    Hey, Alan! Valeu por sempre estar por aqui e por ali, nas minhas paginas! A gente se esbarra por ae em Praia Grande! Mande noticias por aqui sempre que puder! Abracao, amigo!

    Pois e, D Rapha! Antes era um banheiro para quatro pessoas, ou para duas cabines. Imagina quando os da outra cabine travavam e esqueciam de destravar?? Eu nao podia usar, so isso....
    Mas agora mudei..hehe do deck 6 para o 3.

    Oi Carmem! Valeu por sempre acompanhar, viu? Pena que nao tenho como ler voce la no teu blog (por enquanto)!
    Sobre as luvas...podemos e temos sim de usar...mas nao e sempre que mexemos com quimico...normalmente e somente para lavar uma coisa apenas...dai como estamos em correria acabo nao colocando a luva, mas terei de mudar este habito.

    Pois e, Elaine! Nao e facil, mas estou sobrevivendo, claro! Fazer a diferenca e preciso. Irei mostrar que nao sou como a maioria dos maus brasileiros que so querem curtir e ferrar o trabalho dos outros! Beijaoooooo! Torco por vc daqui!!

    Hey, Pig (Janio, e vc??)..
    As coisas sao doidas mesmo. Dizem que quando vc e picado pelo bicho do navio, nao sai mais. Outros nem fazem um mes e caem fora. O que eu sei e que o dinheiro realmente e diferente do que se ganha no Brasil. Entao imagino que paran quem ganha bem aqui e depois se depara com a realidade do Brasil, talvez queira voltar! Mas eu sinceramente ainda nao sei o que fazer!
    Poxa...somente em agosto???? Sacanagem! MESMO! Eu sei como e essa espera! O que sei e que agora estamos tendo apenas trocas de embarque. COm chinenes, filipinos e outros chegando, enquanto nossos brasileiros estao indo a maioria para o Fortuna, pois parece que ele e/ou o Pacifica farao a temporada brazuca fim de ano, dai eles meio que vao preparar o navio para isso...
    Cara...torco de verdade para ainda encontrar voce e alguns brothers da comunidade. Seria legal se esbarrar nesse barco! Vamo ver o que a vida louca vai planejar, nao??
    Abracao!

    GENTE! Muito, muito obrogado por tudo e pela sempre presenca aqui! De verdade!


  7. Bartirah Says:

    Oi, my love! Ou amore mio!
    Gosto de ler suas aventuras... Me sinto viajando com você...
    Queria estar aí pra bater nesse pessoal que implica contigo e pra te abraçar quando você tem vontade de chorar.
    Espero que você esteja aproveitando cada momento da viagem...
    Barcelona deve ser linda! Mooooooooorro de vontade de conhecer! Um dia vamos juntos, ok?
    Te amo, te amo, te amo!!!


  8. eLi Says:

    Bah! Tenho certeza que voce bateria no pessoal mesmo! Nossa... ter voce aqui seria ouro, mas nao ia querer ver voce passando por tudo o que passamos aqui...nao mereces!! Vamos sim para Barcelona!! Super fashion e linda!! Beijo, viu?! Ate mais ver!